Vitória contra o Luverdense nesta segunda (5) mantém chances do Boa

Uma vitória nesta segunda-feira (5) contra o Luverdense mantém a chance do Boa Esporte voltar à Série B em 2020. O jogo, inicialmente marcado para domingo (4), foi remarcado em razão de evento religioso no Estádio Municipal no fim de semana, começa às 19h15.

O técnico Nêdo Xavier pode ter a volta de Nonoca neste jogo. O volante, um dos destaques do time, não enfrentou o Paysandu em Belém do Pará. No mais, talvez um volante a menos, já que a vitória é primordial por dois motivos: se manter na Série C ou avançar de fase e disputar uma das vagas para a Série B em 2020.

E o BEC tem possibilidade matemática de voltar à Série B. Dos quatro jogos que restam, três são em Varginha, contra o Luverdense, São José e Tombense. O único jogo fora é contra o Ypiranga-RS.

Os dois líderes do Grupo B somam 23 pontos, 8 a mais que o Boa. Se vencer todos os jogos restantes acrescenta 12 pontos aos 15 que possui, chegando ao fim da Fase Única com 27 pontos. Claro que pra isso acontecer, os líderes têm de perder pelo menos um jogo, o mesmo acontecendo com todos que estão acima do BEC na tabela de classificação, casos de Ypiranga (19 pontos), Paysandu (20 pontos), Juventude (21 pontos) e Remo (22) pontos.

Por isso, Nêdo deve começar o jogo com força máxima: Renan Rocha, Chiquinho Alagoano, Edimar, Bruno Maia e Wenderson Tsunami; Rodrigo Souza, Nonoca, Danilo e Raphael Luz; Gindre e Gustavo.

Dispensas

O Boletim Informativo Diário da CBF trouxe quinta-feira (1) a rescisão de três jogadores que integravam o elenco boveta. São eles, o lateral direito, Daniel Farias; o zagueiro e lateral esquerdo, Lucas Hipólito; e o atacante, Jayme.

Deixe um comentário