Vice-Governador visita polo de investimentos em Varginha

Paulo Brant veio conhecer o projeto Cidade Inteligente, visitou o Porto Seco Sul de Minas, empresas e conheceu o interesse da cidade no projeto turístico “Expresso do Rei” ligando Varginha a Lavras.

A visita técnica começou no Porto Seco Sul de Minas. Ciceroneados pelo empresário Cléber Marques de Paiva o vice-governador conheceu os armazéns logísticos da Eurofarma, Unilever, Libbs, Cimed, Lumileds, Renesola, Philips, Medical, Philips Lighting, Nacional Comercial Hospitalar, Medlog, Cellera e Boticário.

Em seguida, a visita ao Cesulab, plataforma de tecnologia para inteligência artifical com parceria do Grupo Unis, o motivo da visita a Varginha. O reitor do Grupo Unis, Stefano Barra Gazzola, explicou em detalhes o funcionamento da incubadora, no momento, lotada em um prédio na Vila Pinto.

No Porto Seco foi apresentado um vídeo explicativo da Cidade Inteligente, seguido de sobrevoo ao local onde será instalada, com o apoio de árabes. Brant elogiou o empreendedor Cléber Marques de Paiva e o prefeito de Varginha, Vérdi Melo, pela estrutura do município.

Para o prefeito Vérdi Melo, a visita do vice-governador de Minas e sua comitiva dão ímpeto aos empreendimentos que estão sendo implantados e reforçam que a gestão municipal segue com o trabalho sério e eficiente em prol da população.

O presidente do Porto Seco, Cléber Marques, afirmou que, “a visita do vice-governador é importante para validar nosso projeto, institucionalmente, junto ao Governo de Minas”.

Repercussão

A visita desta terça-feira (28/7) do vice-governador a Varginha é sequência de um processo iniciado em 21/7 que reuniu em vídeoconferência o Governo do Estado, com participação do governador Romeu Zema; o vice-presidente da República, Hamilton Mourão; o prefeito de Varginha, Vérdi Melo; e o empresário, Cléber Marques de Paiva, além de ministros dos Emirados Árabes Unidos.

Reativação de trecho ferroviário

Durante a visita do vice-governador Paulo Brant a Varginha, o prefeito Vérdi Melo e o empresário, Cleber Marques, apresentaram estudos que comprovam geração de empregos e de arrecadação de impostos no retorno do trecho ferroviário Varginha/Lavras. Um dos objetivos seria levar café aos portos de Santos e Sepetiba.

O projeto inicial, desenvolvido pela Fundação Dom Cabral, está na Assembleia Legislativa para discussões. No projeto consta um trem turístico ligando Três Corações a Lavras, chamado de Expresso Rei, em homenagem a Dom Pedro II, que inaugurou a malha.

A chamada Frente Ferroviária Mineira, composta por deputados e outras entidades como a “ONG Trem”. Eles criticam o projeto da FDC e defendem a volta do trecho Varginha/Três Corações, que não consta no projeto original. Desta forma o Expresso Rei, além de turístico, operaria com cargas. Um estudo da ALMG aponta que o faturamento pode ultrapassar R$ 100 bilhões anuais.

Nova empresa aérea

Durante a visita do vice-governador a Varginha, o prefeito, Vérdi Melo, anunciou uma nova empresa aerea na cidade. Trata-se da “Sky Lol”.

A empresa já tem hangar próprio no aeroporto e pretende iniciar operações em breve.

Deixe um comentário