Vereador quer saber sobre falta de exame de encefalograma na Rede Pública

Através de um requerimento encaminhado ao executivo municipal, o vereador Carlos Costa questiona a administração sobre a falta do exame de eletroencefalograma que segundo usuários do sistema público de saúde não está sendo oferecido.

“Fui procurado por munícipes que precisam realizar o exame de eletroencefalograma, o conhecido EEG, e eles informaram que o mesmo deixou de ser realizado em nossa cidade há alguns anos e que não estão conseguindo sucesso em conseguir o procedimento”, explicou o vereador.

O vereador ressaltou ainda que como trata-se de um exame importante para detecção de alterações neurológicas, como convulsões e/ou diagnosticar alterações de consciência, problema que afeta um número considerável de munícipes, é importante que o município responda aos questionamentos apresentados para que os pacientes possam ser orientados sobre como agir.

“Espero que dentro do prazo regimental todos os questionamentos sejam respondidos e a população possa ser orientada sobre que procedimentos devem tomar para conseguir realizar o referido exame”, finalizou.

Deixe um comentário