Varginha registra saldo positivo em abril de vagas formais de emprego, segundo o Caged

Á exemplo de Minas Gerais, Varginha apresenta recuperação de vagas de trabalho com carteira assinada em abril e no trimestre. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta sexta-feira (24/5), pelo Ministério da Economia.

No mês passado, o saldo é positivo em 246 vagas criadas e ocupadas com carteira assinada. As admissões somaram 1.665 e as demissões, 1419, o que representa uma variação de 53,99%. Em abril de 2018, ao contrário, o saldo foi negativo em 34 vagas.

Considerando-se os três primeiros meses do ano é possível observar a boa recuperação do município, de negativo em 2019 para positivo este ano. No trimestre deste ano positivo em 208 vagas ocupadas com carteira assinada. No ano passado -311 vagas perdidas.

Em Minas

Os números apontam que Minas teve 162.433 novas contratações contra 140.085 demissões, com um saldo positivo de 22.345 novos postos de trabalho, o que representa um crescimento de 0,55%.

Em março, foram 5.163 novos postos de trabalho abertos nos vários segmentos produtivos com carteira assinada. O estado ficou atrás apenas de São Paulo, que registrou um saldo de 50.168 vagas.

O setor de serviços ficou em primeiro lugar na oferta de vagas com quase 9.817 postos formais, com destaque para alimentação, serviços médicos e veterinários. É seguido pela agropecuária com 7.389 empregos, o  que representa quase o dobro dos empregos oferecidos em março.

Outro setor que apontou bom desempenho foi o da transformação, com a oferta de 2.833 novas frentes de trabalho. Destaque, ainda, para a construção civil, que pulou de 322 vagas no mês passado para 2.132.

Deixe um comentário