Varginha pronta para iniciar a vacinação contra a Covid-19

A Superintendência Regional de Saúde de Varginha deve receber ainda na manhã desta terça-feira, 19, o primeiro lote de imunizantes produzidos pelo Instituto Butantan. Desde às 5 horas, aeronaves do Governo de Minas estão fazendo a distribuição para as regionais. O estado recebeu 577.480 mil doses ontem, 18. A primeira imunizada contra a covid-19 é a técnica de enfermagem Maria Bom Sucesso Pereira, de 57 anos, que há mais de uma década atua no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Eduardo de Menezes, na capital mineira. A instituição estadual é referência no tratamento da doença em Belo Horizonte e Minas.

A Prefeitura já tem veículo e motorista a postos para buscar as vacinas na SRS. “A sensação é de dever cumprido porque com a vacina somada ao total empenho da Prefeitura desde o início da pandemia, seguindo os protocolos e sempre na expectativa de que o mundo venceria a pandemia, esse é sem dúvida um momento histórico para se comemorar; Varginha está pronta para começar a vacinar contra a Covid-19”, afirma o prefeito Vérdi Melo.

Todo o aparato para conservação e a manipulação do medicamento também já está pronto seguindo o Plano Nacional de Imunização – PNI. Outra novidade é o quantitativo por grupos prioritários. O secretário municipal, Luiz Carlos Coelho revela que esse primeiro lote possibilitará que sejam vacinados profissionais de saúde, pessoas com 75 anos ou mais e idosos institucionalizados.

Muito emocionado o secretário municipal de Saúde de Varginha declarou que “a chegada da vacina é uma sensação de um bálsamo a mais no momento de um cenário muito ruim; nesses últimos meses tudo que nós aguardávamos era a vacina para se somar às medidas de prevenção; uma doença transmissível que passa a ter vacina é um divisor de água, então é muito importante, muito importante mesmo”.

Nesse primeiro momento, as equipes itinerantes da Secretaria Municipal de Saúde vão em locais como o asilo, hospitais e também haverá vacinação na Policlínica Central, inclusive para profissionais de saúde. “À medida que for chegando mais vacina para outros grupos prioritários vamos disponibilizar nas unidades dos quadrantes”, explica o secretário de Saúde.
Desse modo, as salas de vacinação foram distribuídas nos locais como se segue:

– Unidade Central de Vacinação (Policlínica Central) – das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira para as imunizações do calendário habitual e para coordenar os grupos de vacinação itinerante; e funcionará das 15h às 21h, de segunda à sexta-feira e nos sábados das 7h às 17h, especificamente para a vacinação contra a Covid. Do mesmo modo, teremos 4 unidades de vacinação de quadrante a saber:
– Policlínica Sion
– Policlínica Mont Serrat
– Policlínica Caic I – Imaculada
– Policlínica Caic II – Cidade Nova.

“Assim o munícipe poderá procurar pela unidade de vacina de quadrante mais próxima de si, a exemplo da experiência exitosa das unidades de gripe que atendem com horário diferenciado criando maior comodidade para os varginhenses”, explica Luiz Carlos.

Acrescente-se que além das salas de vacina já existentes outras serão ativadas, para imunizações do calendário e campanhas do PNI, a saber as UBS´s:
– Girassol
– Vargem
– Fátima II
– Centenário
– Novo Tempo
– Corcetti
– Jardim Áurea
– Damasco/Santa Mônica
– Rio Verde.

Foto: enfermeira Maria Bom Sucesso Pereira, 57, a primeira vacinada em Minas, foto de Alexandre Rezende.

Deixe um comentário