Varginha – Covid-19: Medidas emergenciais reduziram em 70% usuários do transporte coletivo

A Prefeitura de Varginha, por meio da Divisão do Transporte Municipal e Planejamento, esclarece que devido à Covid-19 o transporte coletivo urbano teve que passar por adequações. Antes eram transportados 30.000 usuários por dia, entre gratuidade, estudantes, deficientes e demais usuários em uma frota de 60 ônibus. Com a pandemia o número de carros, por determinação da empresa, foi reduzido pela metade para transportar atualmente 9.000 passageiros. Ou seja, a frota foi reduzida à metade para um público que diminuiu cerca de 70%.

Além disso, de acordo com um planejamento, estão sendo priorizados os horários de pico quando circulam mais veículos para não haver aglomeração. Os veículos não podem circular com passageiros em pé (para não ter aglomeração) e sem a máscara (sendo que em todos os veículos tem adesivos informando sobre a obrigatoriedade das máscara de proteção individual). Portanto, se em um ônibus não tiver mais poltrona vazia e se ao passar por um ponto tiver um passageiro, o veículo não vai parar, ou seja, a pessoa vai continuar aguardando outro ônibus que tenha assento.

Além da queda brusca do número de usuários, a empresa ainda enfrenta a oferta do transporte por aplicativos, cujos motoristas tem abordado a população nos pontos de ônibus.

Deixe um comentário