Suspeito de feminicídio em Varginha se apresenta espontaneamente na Delegacia

O possível autor de um bárbaro crime ocorrido em Varginha segunda-feira (15), Luciano Eduardo Inácio, de 24 anos, se apresentou espontaneamente na Delegacia da Polícia Civil acompanhado de seus advogados. Ele foi ouvido e está preso.

Segundo as investigações, por volta de 8h30, o investigado surpreendeu a vítima, Ana Caroline Anselmo da Silva, e a golpeou com uma faca na presença dos filhos do casal, uma menina de 1 ano, um menino de 5 anos, e também na presença de dois irmãos da vítima, um de 10 anos e um de 14 anos, que pediu socorro aos vizinhos. O investigado fugiu do local do crime.

A equipe de investigadores da DEAM esteve presente no local do crime e realizou entrevistas. Ouviu um dos irmãos da vítima que presenciou o crime e arrecadou imagens da câmera de segurança de uma residência vizinha. Segundo relatos das pessoas que estavam presentes no local dos fatos, o investigado não aceitava o término do relacionamento com a vítima.

Nesta terça-feira (16), Luciano Eduardo Inácio se apresentou espontaneamente na Delegacia da Polícia Civil, acompanhado de seus advogados, ás 15h. Durante sua oitiva confessou o crime num interrogatório que durou cerca de 3 horas. Foi pedido sua prisão preventiva e decretada no mesmo dia. Do interrogatório o investigado já foi recolhido sendo cumprido o mandado de prisão.

Participaram das investigações: Delegado Regional, Dr. Wellington Clair de Castro; Delegada da DEAM, Dra Geny Rodrigues Azevedo; Inspetor Paulo Andrade Fonseca, Inspetor Geraldo Pinheiro Junior; os investigadores, Lucio Bivaque de Sousa e Luara Alves da Costa Lima; e a escrivã, Mariane Vieira Passatutto.

Deixe um comentário