Startup berthô anuncia programa online para 50+

Até quando você irá trabalhar? Quanto terá de renda após se aposentar? O que fará nesse período? Essas e outras perguntas não possuem respostas para muitas pessoas. Mas apoiar e oferecer ferramentas para respondê-las é o objetivo do novo curso da berthô, startup de soluções educacionais que tem o propósito de empoderar profissionais 50+ para realização profissional e pessoal.

O assunto aposentadoria sempre foi polêmico no Brasil. Até o final do século XIX não existia nenhum benefício ao trabalhador após sua carreira. Uma das causas estava na expectativa de vida que era de 30 anos naquela época. Nos anos 20 começaram a surgir os primeiros mecanismos nesse sentido, setorizados, que se transformaram numa rede de proteção social apenas em 1931.

De lá pra cá muita coisa aconteceu, mas fato é que o assunto continua polêmico. No ano passado foi aprovada uma reforma da previdência social que, concorde você com ela ou não, está vigente e prevê um período de transição até as regras definitivas em 2033. Vale ressaltar sobre nossa previdência ainda que o teto de aposentadoria do INSS hoje é de R$6.101,06. Ou seja, independente de quando você se aposentar, mais que isso você não ganha. É bom estar atento!

Paralelo a isso, vivemos num país que não tem como suas maiores habilidades o planejamento nem a educação financeira. Também pudera, a estabilização da moeda e dos principais fatores econômicos ocorreu a partir da entrada do Plano Real em 1994. Se antes disso não dava para planejar o fim do mês, quem dirá a aposentadoria. Resultado: temos uma geração inteira sem clareza sobre como será a vida após pendurar as chuteiras – se assim quiser.

Foi com base nesse cenário complexo que surgiu o Aposenta. Inteligência Financeira 50+, novo curso ofertado pela berthô, que é especializada no desenvolvimento de competências em profissionais maduros através de uma “abordagem lúdica, paciente e acessível” de acordo com Elisa Maria, 67, e Isabel Barros, 61, participantes de edições anteriores.

“O objetivo do curso não é deixar ninguém rico”, segundo o engenheiro Victor Sanacato, 30 anos, um dos fundadores da berthô, mas “proporcionar um diagnóstico da vida financeira por meio de ferramentas para que qualquer um consiga enxergar se a conta fecha lá na frente”. Roseli Serra, designer educacional que integra a startup e representa os profissionais 50+ no time complementa que “através do curso é possível responder perguntas como: Será que eu vou conseguir manter o meu padrão de vida? Será que vai dar pra viajar uma vez ao ano? será que vou depender dos meus filhos para alguma coisa?, o que nos traz grande tranquilidade nessa fase da vida”.

De forma leve, prática, online e adaptada ao contexto 50+, esse objetivo será atingido em uma série de 3 cursos que vai até março do ano que vem. Após essa jornada, os participantes terão condições de controlar as próprias contas com tranquilidade, entender as principais regras do mercado financeiro para embasar as decisões futuras e fazer um planejamento de aposentadoria considerando as principais variáveis que vêm pela frente, com total privacidade e segurança sobre seus próprios dados. 

Não se pode dizer que trabalhar com planilhas e cálculos é divertido e prazeroso para todos. Mas esta é uma oportunidade única para encarar de frente, independente do local em que esteja, esse assunto tão importante em um processo de aprendizagem com experiência agradável e coletiva.

Deixe um comentário