Solidariedade: cestas básicas para artistas do Sul de Minas

O Sindicato de Artístas e Técnicos de MG – Sated em consideração às orientações oficiais sobre o risco de contaminação, resolveu criar uma ação de emergência, para atender aos artistas e técnicos impedidos de colocar seus espetáculos em cena. A maioria da população tem consciência de que o sustento dos artistas, principalmente, os atores, bailarinos, dançarinos, circenses, advém do ingresso vendido. Sendo impossível manter seus espetáculos em cartaz. O Sated resolveu agir pra que não lhes falte o alimento. Reuniu forças a sociedade e fez uma “vaquinha” com a qual arrecadaram cestas básicas para serem distribuídas entre os artistas e técnicos do estado.

As cestas chegaram a cidade de Varginha e Alfenas através de Ariane Ribeiro, artista Sul Mineira que ocupa cadeira do Audiovisual no Conesc (Conselho Estadual de Política Cultural). “As ações têm que chegar no interior tb! Os artistas do interior nesta pandemia, estão muito vulneráveis. Foram os primeiros a parar e serão os últimos a retomar suas atividades. Estou junto ao Sated E a Secult buscando alternativas pra atender os artistas. Lançando  ‘Projeto Artesalva’ pra dar continuidade ao auxílio durante e pós a pandemia”.

Marina Azze presidente da MAZ (Associação Artística de Varginha), revela a importância de ações como essa: “Nosso setor está paralisado. Sem previsão de volta. Nossos artistas estão enfrentando uma situação muito difícil. Além das casas de espetáculos estarem fechadas por conta da pandemia, muitas já anunciaram fechamento total mesmo após a pandemia. As produções seguem o mesmo rumo. Os comerciais de TV, parados. Filmes. Festivais. Os editais se acumularam paralisados, muitos foram suspensos sem retorno. Além de um presente nebuloso por conta da covid-19, sabemos que nosso futuro também nos trará mais obstáculos. Ações a favor dos artistas agora são de extrema importância. É lindo ver o sindicato se movimentar tanto. E olhar para o interior do Estado. È sempre os grandes centros que conseguem apoio. Que maravilha esse cuidado com os artistas do interior! Pedimos mais ajuda ainda a população. Com solidariedade todos vão enfrentar os desafios, com menos perdas. É hora de testemunharmos o amor. A arte que sempre foi resistência, hj clama por assistência. Precisamos nos unir.”

Lucas Miguel ator e programador de cinema, agradece a ação do Sated. “Estávamos ensaiando, preparando nossos eventos e de repente fomos surpreendidos. Já vivemos sempre vencendo um dia de cada vez, e quando a pandemia chegou, nos desestruturou demais. Não estamos podendo nos reunir para produzir, estamos ensaiando através de internet, o que dificulta e muito nosso trabalho. E não temos previsão de retorno. Se antes era difícil conseguir apoios e patrocínios, agora parece impossível. Editais estão estagnados. O setor tem sido dilacerado. Essas cestas vieram sim em muito boa hora. Precisamos dela e não só. È hora da sociedade se unir e procurar soluções que possam nos ajudar a retornar ao mercado pós tudo isso. No meio do Caos, é importante ver que o SATED está vivo, lutando por nós.”

Quem puder fortalecer a iniciativa é simples, basta participar da “Vaquinha” com qualquer quantia:

Nome do Titular: SINDICATO DOS ARTISTAS E TEC. ESP. DIV. MG

Conta Corrente: CX Econômica Federal   Operação: 003

Agência: 0083

Numero da Conta: 500801-5

CNPJ: 21.854.609/0001-06.

Deixe um comentário