Receita Federal destina 250 mil em mercadorias apreendidas para Hospitais do Sul de MG

Nesta sexta-feira, 29 de janeiro, às 11h, a Receita Federal em Poços de Caldas realizará a entrega de mercadorias apreendidas para os seguintes hospitais do Sul de MG: Santa Casa de Poços de Caldas, Hospital Bom Pastor de Varginha, Hospital Regional do Sul de Minas, Santa Casa de Misericórdia de Guaxupé e Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso; e também para a Universidade Federal de Lavras – UFLA. A entrega acontece no Depósito de Mercadorias Apreendidas situado à Rua Nico Duarte 799, Vila Cruz em Poços de Caldas. 

A totalidade dos itens doados está avaliada em aproximadamente R$ 250 mil. São celulares, cabos, fones de ouvido, acessórios de celulares, video-games e acessórios de video-games, bolsas, vestuário, brinquedos, relógios, painéis de LED, sombrinhas, caixas de música, luminárias, caneta laser, máquinas de cortar cabelos, barbeadores elétricos, secadores entre outros itens eletrônicos, de escritório e de informática. 

O delegado da Receita Federal em Varginha, auditor-fiscal Michel Lopes Teodoro destaca a importância dessa ação: “a destinação de mercadorias apreendidas tem o objetivo de fomentar e auxiliar as instituições de saúde do sul de MG. A doação dessas mercadorias está sendo realizada em um momento em que as instituições estão sendo muito demandadas em função da pandemia. Essas mercadorias poderão ser incorporadas ao patrimônio dos hospitais ou serem disponibilizadas em bazar, sendo que o recurso arrecadado fica integralmente para as instituições de saúde”. 

O objetivo das destinações é que as mercadorias, que foram apreendidas em operações de fiscalização realizadas pela Receita Federal, sejam utilizadas para atender o interesse público e social. 

Estarão presentes no ato da entrega o delegado da Receita Federal em Varginha, auditor-fiscal Michel Lopes Teodoro; o chefe da agência da Receita Federal em Poços de Caldas, analista tributário Edgar Mollo Filho; o responsável pelo Depósito de Mercadorias Apreendidas, analista tributário Edir Simões Junior e os representantes das instituições beneficiadas: o curador do Hospital Bom Pastor, Edson Antônio Menegueli; o diretor administrativo do Hospital Regional do Sul de Minas, Luiz Fernando Negreiros Bandeira; a provedora da Santa Casa de Poços de Caldas, Célia Maria de Souza; Rafael Fernandes Garcia da Santa Casa de Guaxupé; o Gerente de Marketing da Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, Jaime Ferreira de Menezes Júnior e o Diretor de Transportes e Conservação do Campus da UFLA, Adeilson Carvalho. 

Deixe um comentário