Projeto para a criação de Superintendência  enviado à Câmara

A Prefeitura de Varginha encaminhou à Câmara Municipal Projeto de Lei que dispõe sobre a criação da Superintendência Especial de Enfrentamento à Covid-19.

A Superintendência terá autonomia técnica para implementar e executar as políticas de enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19, sendo responsável pela gestão e aplicação dos recursos destinados a tal enfrentamento, possuindo acesso direto ao Gabinete do Prefeito.

Importante destacar que a criação da Superintendência não terá impacto no orçamento do município, pois não aumenta a despesa orçamentária já prevista para o exercício de 2021. A despesa criada não afetará as metas de resultados fiscais, uma vez que sua fonte de recurso advém da redução permanente das despesas pela extinção de diversos cargos e funções.

De acordo com o prefeito Vérdi Melo, “a criação da Superintendência Especial de Enfrentamento à Covid-19 é de extrema importância para o atual momento que vivenciamos, pois a mesma se dedicará única e exclusivamente à implementação e coordenação das políticas de combate à pandemia, com utilização de recursos humanos e materiais a fim de que seja superado esse momento gravíssimo pelo qual passa a humanidade”.

Vérdi ainda explica que a com a pandemia, as ações da Secretaria de Saúde ficaram focadas no enfrentamento da Covid 19, que demanda tempo, investimentos e foco diuturnamente. “A Secretaria de Saúde é uma das maiores e mais importantes da nossa administração. Uma secretaria dinâmica, que necessita de atenção pontual para a manutenção dos serviços e atendimento de qualidade à população”.

O prefeito explica que a secretaria de saúde é uma das maiores e mais importantes da administração, com altos recursos, uma grande oferta de serviços e consequentemente uma grande demanda por atendimento. “A chegada da Covid absorveu grande parte das ações e agora, passado um ano da pandemia, precisamos retomar as ações da secretaria de Saúde, investir em novas tecnologias, dar dinamismo ao atendimento não apenas da parte administrativa, mas nas nossas Unidades Básicas de Saúde, retomar com as cirurgias que estão suspensas, reorganizar o sistema de consultas e de exames, dar especial atenção a instalação do Hemominas em Varginha”, disse Vérdi.

Deixe um comentário