Polícia Militar de Varginha em função social evita duas mortes em Varginha

Policiais do 24º Batalhão de Polícia Militar de Varginha, na última quinzena, conseguiram impedir que uma mulher se matasse e ajudaram uma mãe desesperada com seu bebê.

Nos primeiros minutos de quarta-feira (26) policiais de plantão no Batalhão se surpreenderam com pessoas desesperadas. Foram pedir ajuda porque uma mulher estava tentando se matar no Bairro Minas Gerais, bem próximo à sede da unidade.

Rapidamente, uma guarnição foi à residência indicada ainda a tempo de encontrar uma mulher, de 37 anos, dependurada numa viga de ferro, com uma corda no pescoço, se debatendo quase sem ar.

A corda foi cortada e a mulher foi de imediato conduzida até a UPA, onde foi reanimada e permaneceu sob cuidados médicos. Os pertences encontrados foram entregues a um irmão, de 38 anos, que ficou acompanhando a irmã no pronto atendimento.

Foi assim também no último dia 16, quando uma equipe da Polícia Militar patrulhava pela Avenida Rogassiano Francisco Coelho, Bairro Nova Varginha. Ás 3h15 da madrugada, uma solicitante, de 19 anos, gritava desesperada por socorro pois seu bebê, de dois meses, havia se engasgado com a própria saliva enquanto dormia.

O neném apresentava pele roxeada e obstrução respiratória. A guarnição fez todas as manobras necessárias para desobstruir as vias aéreas. A criança voltou a respirar normalmente, para alívio da mamãe.

A solicitante foi conduzida de imediato com o seu neném para pediatria de hospital, onde ele permaneceu sob cuidados médicos. No outro dia, a equipe policial fez uma visita à jovem mãe e constatou que o neném já estava em casa e tudo estava bem.

Deixe um comentário