PM deflagra operação ‘Safra Segura’ contra roubos na Zona Rural

Nessa segunda-feira (03) foi desencadeada operação “Safra Segura”. A Polícia Militar foi informada por agentes da Polícia Civil de que uma quadrilha que já estaria sob investigação policial por furtos de sacas de café e que parte do material estaria num sítio localizado próximo à estrada principal que liga Varginha a Três Pontas, próximo a local denominado “Fazenda de Café”.

Pela manhã, os policiais foram ao local, acompanhadas de duas equipes da Polícia Civil, chefiadas pelo delegado, Gustavo Gomes.

O dono do sítio, de 48 anos, informou que produz café, e que sempre recebe propostas de terceiros para comprar o produto. Segundo ainda o sitiante, muitas vezes os “vendedores” deixam as sacas de madrugada e aparecem no dia seguinte para receber o dinheiro, cerca de R$ 400,00 por saca.

Foram encontradas diversas sacas de café, sendo que 29 delas estavam numa parte externa do terreiro embaixo de uma cobertura. Em um compartimento semelhante a um silo, havia uma carga de aproximadamente 500 medidas de café e no terreiro havia outras 300 sacas para secagem, as quais o dono não soube explicar a procedência.

Levantamentos da Polícia Civil confirmaram registros de boletins de ocorrências de materiais furtados que foram encontrados no interior do sítio, como um gerador de energia, furtado em 2019 que ele alegou ter comprado, sem precisar a data.

Foram encontrados também, defensivos agrícolas, sacas de café conforme boletins de ocorrência, os quais o autor confirmou ter adquirido a preços menores, alegando desconhecer serem produtos de furto.

No momento da incursão policial, chegaram ao local os autores 46 e 38 anos, numa Fiat/Strada, alegando que estariam ali para pedir serviço. Um deles, contudo, foi apontado como vendedor de café e que estariam ali para receber pelo café que haviam entregado anteriormente.

O veículo Fiat/Strada prata com placas de Três Pontas, foi apreendido pelo envolvimento no crime de receptação, mesmo o autor alegando nunca ter transportado café. O autor/condutor do veículo, estava com a quantia de R$ 1.630,00, que também foi apreendida, já que ele não soube explicar sua procedência.

Todo material encontrado sem procedência foi apreendido, os autores presos e encaminhados para a delegacia de Polícia Civil para demais providências e a equipe da Polícia Civil permaneceu no local para melhor elucidação dos fatos.

Deixe um comentário