Paraguaçu: polícia impede extorsão mediante sequestro e prende dois

Nessa quinta-feira (6/5), dois homens, de 19 e 21 anos, suspeitos de sequestrarem a família da gerente de um banco de Paraguaçu, no Sul de estado, foram presos em flagrante após ações das polícias Civil e Militar. O crime ocorreu no mesmo dia, no município vizinho, Elói Mendes.

Os suspeitos haviam rendido a família na noite anterior, quando o marido e o filho da gerente, de 3 anos, foram mantidos em cárcere enquanto a vítima era obrigada a manter contato com os sequestradores para que retirasse valores dos cofres da agência.

Equipes do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp), composta por policiais da Delegacia Especializada Antissequestro e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), imediatamente foram mobilizadas e chegaram à cidade em um helicóptero da PCMG.

Desconfiados de que haviam sido descobertos, os sequestradores abortaram a ação criminosa e libertaram a família da vítima. Vários levantamentos foram realizados, e a Polícia Militar, ao final do dia, prendeu os suspeitos na zona rural entre as cidades de Paraguaçu e Alfenas.

Paralelamente, a equipe da Delegacia de Polícia Civil em Paraguaçu, com apoio de uma equipe da Delegacia Antissequestro, localizou e apreendeu as armas utilizadas pelos suspeitos. Elas estavam enterradas próximo a um açude às margens da rodovia MG-491, trecho Paraguaçu/Alfenas.

Após serem autuados em flagrante por extorsão mediante sequestro, os investigados foram encaminhados ao sistema prisional.

Deixe um comentário