Operação prende mais um suspeito de roubar motorista de aplicativo

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu mais um suspeito de envolvimento no roubo do carro de um motorista de aplicativo em Elói Mendes. Ele foi detido em Três Corações, também no Sul de Minas, na última quinta-feira (11/2). Outros dois homens, o mandante do crime e outro executor, já estavam presos.

O veículo foi recuperado pela Polícia Civil alguns dias depois do crime, na cidade de Carmo da Cachoeira, durante a operação Tiro no Pé, que cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos de roubo de carga na Rodovia Fernão Dias.

O veículo foi encontrado pela equipe da Coordenação Aerotática (Cat) da PCMG, que fornecia apoio durante aquela operação. As investigações apontam que um homem, já preso pela PCMG, teria encomendado o roubo do carro e contratado outros dois suspeitos para executar o crime. Na delegacia, o último preso confessou participação no roubo.

O nome da operação é uma alusão ao termo utilizado por integrantes de uma organização criminosa com base em São Paulo, a qual os suspeitos se associavam.

Deixe um comentário