Minascon 2020 apresenta inovações e tendências para a construção civil

Os 36 mil pequenos negócios mineiros ligados a construção civil foram responsáveis pelo saldo de quase 17 mil empregos gerados pelo setor em Minas Gerais, de janeiro a agosto deste ano. Mesmo em tempos de crise, cerca de 2 mil novas empresas da construção foram abertas neste período no estado, de acordo com a Jucemg. Apesar da importância do setor na economia, muitas empresas ainda enfrentam dificuldades de implementar novas metodologias e tecnologias que impactam diretamente na melhoria da produtividade de seus negócios.

É neste cenário que o Minascon 2020, em sua versão virtual, traz na programação uma verdadeira “jornada da inovação e produtividade”, com a participação de especialistas nacionais e internacionais referências em novas tecnologias voltadas para a construção civil. As inscrições para o evento, realizado de 16 a 19 de novembro, já podem ser feitas pelo site www.minascon.com.br.

Na Arena Virtual de Cases Internacionais serão apresentados cases de sucesso de pesquisadores do Chile, Emirados Árabes, Espanha, Estados Unidos, Hong Kong e Reino Unido, que desenvolveram soluções inovadoras para a construção civil, incluindo metodologias, ações e projetos, que estão permitindo que as empresas do setor se tornarem mais eficientes e produtivas. De 16 a 18 de novembro, dois países serão apresentados diariamente, sempre, das 9h às 10h, e das 11h às 12h.

Além de conhecer as experiências de sucesso internacionais, na 2ª edição do Minascon Inovation Talk (MIT), realizada nos dias 18 e 19, das 18h às 20h, os participantes também vão ficar por dentro das soluções desenvolvidas no Brasil e que estão ajudando a melhor os processos do setor.  Serão promovidos três painéis:  

Painel 1: “Engenharia & design à serviço da tecnologia e vice-versa”. Participações: Alcino Pasqualotto, CEO da Pasqualotto (responsável pela construção do prédio mais alto do Brasil), Luiz Henrique Ceotto, CEO da Urbic Incorporadora e Construtora, e Ivo Wohnrath e Sérgio Athié, fundadores da Athié Wohnrath.

Painel 2:  “O investimento em construtechs como alternativa no pós-pandemia”. Participações: Bruno Loreto, Head de operações da Construtech Ventures (primeiro Venture Builder do mundo focado em Construtechs), Paula Lunardelli, CEO da Prevision, e Myriam Tschiptschin, gerente de Smart Cities e Infraestrutura Sustentável do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE).

Painel 3: “Desafios de ser inovador na construção”. Participações: Maria João Ribeirinho da McKinsey & Company (líder mundial em consultoria empresarial) e outros grandes nomes que falarão sobre os desafios de ser inovador no setor tão tradicional como a construção civil.

E o final dessa “jornada do conhecimento” do Minascon fica por conta do Megatendências, no dia 19, das 9h às 12. Como o próprio nome diz, o seminário apresenta as principais tendências em sistemas construtivos mais produtivos, design e tecnologias futuristas. No encontro, Renato de Castro, embaixador de Smart Cities do TM Fórum de Londres e Teodomiro Diniz, vice-presidente da FIEMG, vão mediar as discussões entre pesquisadores e empresários dos Estados Unidos, Holanda, Portugal e Israel, que irão apresentar visões diferentes sobre as tendências e o futuro da construção civil.

Deixe um comentário