Lei pretende atrair investimentos em ferrovias de Minas Gerais

Lei pretende atrair investimentos em ferrovias de Minas Gerais

Varginha consta em dois trechos mapeados, um para turismo e outro para cargas.

Nesta terça-feira, 8, o governador de Minas Romeu Zema assinou o decreto que regulamenta a Lei 23.748/2020 para a exploração da infraestrutura e de serviços das linhas ferroviárias de menor extensão, conectadas às vias férreas de maior alcance, também conhecidas como shortlines.

O Plano Estratégico Ferroviário de Minas Gerais, elaborado pela Fundação Dom Cabral e discutido na Assembleia Legislativa de Minas Gerais mapeou cerca de 1500 quilômetros que no momento estão abandonados mas que podem ser reativados com recursos privados.

Varginha consta em dois trechos dos 19 mapeados com potencial para atrair investimentos. Um deles, o chamado “Expresso do Rei” é um trem turístico ligando Lavras, Três Corações e Varginha. Outro trecho é para cargas, ligando Varginha, Três Corações e Passa Quatro.

O trecho que inclui Varginha levando carga a Passa Quatro e de lá a Cruzeiro/SP interessa a um grupo de empresários da região. Diretores do Porto Seco de Varginha, numa recente participação online em audiência da Alemg sobre o tema informou que há empresários interessados em investir no trecho.

Os 19 trechos com potencial de atrair investimentos e gerar cerca de 370 mil empregos são:

Turismo:

Caparaó – Espera Feliz

Cataguases – Além Paraíba

Jacutinga

São Sebastião do Rio Verde – Passa Quatro

Viçosa – Cajuri

Lavras – Três Corações – Varginha

Ramal de Águas Claras (Vila da Serra – Belvedere – Olhos D’Água).

Regional:

BH – Sabará – Raposos – Nova Lima – Rio Acima – Itabirito – Ouro Preto

Mariana – Além Paraíba.

Cargas:

Unaí – Pirapora

Conceição do Mato Dentro – Ipatinga

Porteirinha – Salinas – Itaobim – Jequitinhonha

Uberlândia – Ituiutaba – Chaveslândia (Santa Vitória)

Itaobim – Teófilo Otoni – Governador Valadares

Janaúba – Porteirinha – Grão Mogol

Extensão Ferrovia do Aço (Rio Acima – Belo Horizonte)

Araçuaí – Teóofilo Otoni – Nanuque

Miguel Burnier – Ponte Nova – Ubá – Muriaé

Varginha – Três Corações – Passa Quatro.

Fonte: Agência Minas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *