Clubes, bares e restaurantes fiscalizados em Varginha

A Prefeitura de Varginha não deu trégua no fim de semana e colocou diversas equipes da Guarda Civil Municipal e dos Setores de Vigilância Sanitária e de Posturas para fiscalizar bares, restaurantes, conveniências, clubes e outros locais. De acordo com os fiscais, foram diversas visitas a vários estabelecimentos visando o cumprimento dos decretos municipais.

Os clubes vão receber, nesta terça-feira, o auto de infracão pela não exigência por falta de uso de máscara por parte dos associados em áreas comuns.

Para a Secretaria Municipal de Saúde, o maior problema da propagação da Covid-19 em Varginha está dentro das casas, com surtos intrafamiliares. As famílias insistem nos encontros e confraternizações. Essas denúncias são encaminhadas para a Polícia Militar. O secretário municipal de Saúde, médico infectologista Luiz Carlos Coelho já vem fazendo esse alerta há algum tempo. “Não conseguimos barrar ainda a transmissão da Covid-19 dentro das casas, além de ser um espaço inviolável, as contaminações seguem seja pelo descuido em relação às medidas básicas da prevenção – banho e trocar as roupas e calçados antes de permanecer juntos aos familiares, higienizar as mãos frequentemente, usar máscaras se estiver suspeito ou com síndrome gripal; ou pela insistência das festas e confraternizações familiares”, explica.

Agora, a Prefeitura de Varginha também continuará de olho nos ranchos que demonstram o que já era previsto, o problema da aglomeração e o não cumprimento das medidas protetivas e preventivas.

As equipes também foram para a rua verificar o uso obrigatório da máscara. Os fiscais estão de olho principalmente em locais de grande movimentação de pessoas como o alto da Cemig onde muitos caminham e praticam atividades físicas e no centro. “É como o prefeito Vérdi Melo já explicou: existe uma minoria que insiste em não usar a máscara”, revela Nara Alvarenga, chefe da Vigilância Sanitária. Outro hábito que está sendo detectado é que as pessoas tiram a máscara ao falar no telefone, o que não deve acontecer. Nara conta ainda que foram distribuídas máscara para a população em situação de rua.

Apesar do empenho em barrar a Covid na cidade, a Prefeitura de Varginha pede encarecidamente para que as pessoas sigam os protocolos da prevenção, pois só no último fim de semana foram registrados cinco óbitos na cidade. “Todos sabem muito bem como prevenir a doença e todos tem que dar valor a vida, ou seja, aprendam pelo amor e não pela dor”, destaca o secretário de Saúde.

Fiscalização do setor de Posturas notifica estabelecimentos no final de semana

A ação dos fiscais do setor de posturas da prefeitura de Varginha de sábado, 23, terminou com 14 estabelecimentos diligenciados, dos quais 6 foram notificados. Porém, não foi detectada nenhuma situação grave ao ponto da aplicar da penalidade de interdição. A equipe auxiliou a Polícia Militar para dispersar aglomeração na praça Getúlio Vargas, que ocorreu sem problemas.

Com relação a pessoas sem máscara, não foi necessário até o momento a aplicação de multa. Pouquíssimas pessoas transitando pelas vias públicas sem máscara segundo os fiscais de postura.

E as que foram encontradas sem, não apresentaram resistência e atendeu as determinações da Prefeitura de Varginha.

“Por ser a primeira semana estamos muito satisfeitos com o comportamento da população que está fazendo a sua parte. Acredito que os números dos últimos Boletins, com aumento expressivo de casos e de mortes refletiram diretamente no comportamento da nossa população e pedimos a Deus que assim seja”, disse o prefeito Vérdi Melo.

Deixe um comentário