Escola do Legislativo: Oficinas da Liga do Parlamento abordam a discriminação étnico racial

A Liga do Parlamento da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Varginha, que está participando do Parlamento Jovem da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, se reuniu ontem (11) em sua primeira oficina do ano. 


Em 2019 o tema do projeto, trabalhado nas Escolas do Legislativo do Estado, será Discriminação Étnico Racial. Em Varginha, a Escola do Legislativo fez uma parceria com o Conselho Municipal de Promoção à Igualdade Racial – Compir – para a realização de seis oficinas que abordam o tema. “Achamos muito apropriada essa parceria, porque buscamos pessoas que têm propriedade para falar sobre o assunto. São pessoas engajadas na luta por igualdade racial e conhecem profundamente o tema em questão. Desta forma, nossas oficinas serão mais produtivas e chegaremos com bastante conhecimento para a Plenária Estadual do Parlamento Jovem”, disse o diretor da Escola do Legislativo da Câmara de Varginha, Robson Almeida.


Além da abordagem teórica, a primeira oficina também contou com atividades práticas. Foi trazida para o Plenário da Câmara de Varginha uma roda de capoeira, que representou bem a cultura negra através da dança e do esporte. “Muito bom ver que a Câmara de Varginha é palco para todas as manifestações. A Escola do Legislativo aborda com os integrantes da Liga um assunto de extrema relevância. Com certeza essas oficinas serão importantes para que os participantes aprendam mais sobre a cultura negra e, acima de tudo, saiam conscientes da importância do respeito entre todos e da promoção da igualdade racial”, disse o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, que esteve presente.


A Liga do Parlamento reúne estudantes das escolas públicas e particulares de Varginha, que cursam o Ensino Médio. Após trabalharem o tema em oficinas na Escola do Legislativo, os integrantes levarão o tema para debate nas plenárias regional e estadual.

Deixe um comentário