Câmara abre mão de 1 milhão em prol do Hospital Bom Pastor

Verba vai para o conserto de aparelho de radioterapia e para compra de medicamentos

Mais uma vez a Câmara Municipal de Varginha realiza economia em prol de ações essenciais para o Município. O Legislativo abriu mão de R$ 1 milhão do seu orçamento para repassar para a Prefeitura e o dinheiro foi investido na compra de uma peça de reposição para o acelerador linear, que é o aparelho que realiza as sessões de radioterapia nos pacientes oncológicos do Centro de Oncologia.  O dinheiro também está sendo usado para o pagamento de despesas com aquisição de medicamentos para a Fundação Hospitalar do Município de Varginha – Fhomuv.

O valor economizado pela Câmara e repassado para a Prefeitura já resultou em benefícios para os pacientes da Oncologia, pois o aparelho de radioterapia que estava estragando rotineiramente foi consertado e foi trocada uma peça, no valor de R$ 700mil, que estava dando defeito. Assim, as sessões que atrasavam e tinham que ser remarcadas estão sendo cumpridas de acordo com o cronograma. “É uma atitude que tomamos que vai ajudar a salvar vidas, pois uma pessoa em tratamento oncológico precisa ser atendida de forma emergencial. Sabemos que nesses casos de câncer não se pode perder tempo”, disse o presidente da Câmara de Varginha, Dudu Ottoni.

O presidente ainda reforça que atitudes como esta só podem ser tomadas porque Varginha possui um Legislativo enxuto e que emprega seus recursos de forma transparente e planejada. “Desde 2004, ou seja, há quinze anos, o subsídio dos vereadores de Varginha não sofre aumento e é um dos menores da nossa região. Todos os anos, ao final do ano, a Câmara devolve dinheiro para a Prefeitura, gastando cerca da metade do orçamento anual. Mesmo assim investimos em modernização para atendimento aos munícipes e para os trabalhos do Legislativo, sendo referência em várias áreas para outras Casas de Lei do Brasil. Isso só reflete que é possível realizar um trabalho sério, respeitando o dinheiro do contribuinte”, disse o presidente.

E fazer muito com menos tem sido a maneira que o Legislativo de Varginha encontrou para cumprir bem seu papel. Este ano, por exemplo, foram mantidos projetos importantes da Câmara de Varginha, como a Escola do Legislativo, o Câmara nas Escolas e Câmara nas Empresas e ainda foi criado o Câmara Social, que tem como objetivo aproximar os vereadores das instituições que tanto contribuem voluntariamente na nossa sociedade. “Esses projetos desenvolvidos pelo Legislativo de Varginha têm cumprido muito bem a função, que é tirar o vereador do gabinete e ir de encontro aos setores da sociedade. Realizamos as visitas, conhecemos a realidade das instituições de perto e, dessa forma, temos um respaldo maior para cumprir nosso trabalho, que é representar o povo de Varginha. Como são ações que dependem apenas da vontade e da disponibilidade do vereador para acontecer, investimos muito pouco com um resultado fantástico”, concluiu o presidente da Câmara, Dudu Ottoni.

Deixe um comentário