Boa vence a primeira na Série C 2020

O Boa Esporte “limpou a zica” que o acometia. Conseguiu a primeira vitória na Série C, vencendo em Varginha o Criciúma/SC por 2 a 0, gols marcados por Lúcio Flávio e Ítalo.

Com o resultado, o time soma agora 9 pontos ganhos. Sai da lanterna mas não da zona de rebaixamento. O próximo compromisso é contra o Ypiranga/RS no Sul.

O treinador Ariel Mamede escalou um time com novidades, como o terceiro zagueiro João Paulo na direita, e o volante Pedro. Na prática, um time mais leve, veloz e pegador no meio de campo. Essa formação conseguiu suportar a pressão do Criciúma, o terceiro colocado na tabela do Grupo B.

No primeiro tempo, o que se viu foi um jogo feio, com os principais jogadores de ambas as equipes muito bem marcados. Sem a bola passando no meio de campo, as equipes apelaram para lançamentos da defesa para o ataque. Com o desenrolar da partida foi possível observar porque o técnico Ariel Mamede escalou um terceiro zagueiro, com boa estatura. O adversário procurou durante todo o jogo os lançamentos e cruzamentos sobre a área boveta.

Segundo tempo

O jogo melhorou no segundo tempo. Os espaços começaram a aparecer o que propiciou a troca de passes boveta no setor ofensivo.

Logo aos 7 minutos, o Boa abriu o placar. Em cobrança de falta da direita, Kallil colocou a bola na cabeça de Lúcio Flávio, quase na linha da pequena área, pelo meio. O centroavante fez pose e cabeçeou colocando a bola no canto esquerdo do goleiro Agenor, que só olhou.

Precisando do resultado, os visitantes se lançaram ao ataque. Durante algum tempo tomaram conta do meio de campo. Conseguiram muitas cobranças de escanteios e jogadas aéreas. Sem resultado, a defesa do BEC se portou muito bem.

Vendo o time muito recuado, Mamede fez modificações, colocando em campo, dentre outros, Dieguinho, um atacante para tentar segurar a bola na intermediária do Criciúma.

E numa roubada de bola no meio de campo, aos 37 minutos nasceu o segundo gol do Boa. A bola foi lançada em profundidade, pelo meio, a Lúcio Flávio. Ele conseguiu servir o atacante Ítalo, no bico da grande área, pela esquerda. Antes da chegada da marcação ele conseguiu chutar acertando o canto esquerdo de Agenor. O gol foi um banho de água gelada nas pretensões do Criciúma.

Ficha técnica

Boa Esporte 2X0 Criciúma/RS

Data: Domingo, dia 18 de outubro de 2020;

Local: Estádio Municipal de Varginha, em Varginha (MG);

Arbitragem: Felipe da Silva Gonçalves Paulo apitou a partida auxiliado por Lilian da Silva Fernandes Bruno e Marcus Vinícius Machado de Araújo Brandrão. Trio é do Rio de Janeiro;

Cartões amarelos: Yuri Ferraz (BOA); Andrew, Adenilson e Alisson Taddei (CRI).

Gols: Lúcio Flávio (7’/2º) e Ítalo (37’/2º) (BOA).

Escalações:

Boa Esporte: Renan Rocha; Yuri Ferraz, Dirceu, Alex Alves e João Paulo; Pedro Acorsi, Kallyl (William Gaúcho) e Maicon (Carlinhos); Ítalo, Denis (Dieguinho) e Lúcio Flávio (Marlyson).

Técnico: Ariel Mamede.

Criciúma: Agenor; Victor Guilherme, Carlos Alexandre, Maurício e Kaike; Adenilson (Nickson), Eduardo e Jean Lucas (Alisson Taddei); Andrew (Alessando Vinícius), Jean Dias (Zeca) e Michel.

Técnico: Itamar Schulle.

Fotos: Divulgação/Boa Esporte.

Deixe um comentário