Boa empata e segue sem vitórias no Mineiro

Após um bom jogo em Belo Horizonte, se esperava a primeira vitória boveta em Varginha nesta quarta-feira, 3. Não aconteceu, graças ao goleiro do Pouso Alegre, Cairo, o melhor jogador em campo. O próximo compromisso é contra o Athletic Clube, em São João Del Rei.

O BEC mostrou as mesmas qualidades do primeiro jogo, velocidade, intensidade. Teve as melhores oportunidades mas não conseguiu traduzir a superioridade, principalmente no segundo tempo, em gols. Assim, em dois jogos, seis pontos disputados, apenas um ponto ganho.

A primeira grande jogada do BEC aconteceu logo aos 7 minutos. Dieguinho acertou o pé da trave esquerda do goleiro Cairo. No rebote, o centroavante Jefferson, livre, sem goleiro, chutou no canto contrário. A bola bateu no bico da chuteira de Dieguinho que estava caído e saiu pela linha de fundo.

Na defesa, o goleiro Halls assusta. Aos 13 minutos, ele recebeu um passe da defesa e resolveu fintar o centroavante adversário, Johnny. Ufa.

Aos 17 minutos, outra grande defesa de Cairo, num chute de Jefferson, no cantinho. A mão do goleiro apareceu para espalmar.

A primeira chance do Pouso Alegre aconteceu aos 25 minutos quando o centroavante Johnny conseguiu chutar livre, de fora da área. A bola passou perto da trave direita de Hall.

Aos 36 minutos um lance bizarro. O goleiro Halls foi tentar uma defesa em dois tempos e quase leva um frango. A bola rebateu no chão, pegou efeito e quase entra no gol.

No segundo tempo, o Pouso Alegre praticamente só se defendeu. Em boa jogada boveta, a bola é rolada para o volante Léo Coca que chuta forte de fora da área. A bola explodiu no travessão.

Leo Coca teve outra chance de abrir o placar aos 26 minutos. De dentro da grande área, ele chutou no canto direito de Cairo que conseguiu outra grande defesa. Foto: Mário Purificação.

Ficha técnica

Boa 0X0 Pouso Alegre

– Local: Estádio Melão, em Varginha;

– Motivo: 2ª rodada da Fase Classificatória.

Boa:

Halls; Yuri, Admilson, Alex Alves e Muller; Escuro (Rafael Chaves), Leo Coca, Fabinho (Diego Alves) e Nocholas (Rodrigo Ancheta); Dieguinho e Jefferson. Técnico: Ariel Mamede.

Pouso Alegre:

Cairo; Robson, Guilherme Mendes e Elivelton; Leandro Salino, Matheus Roldan (Erick), Arilson e Andrey; Matheus (Chaves) e João Luz (Ygor) (Paulo Henrique).

Deixe um comentário